Novas regras para diminuir a inadimplência

 

Três novidades importantes para favorecer as cobranças e diminuir a inadimplência: 1ª) bem de família de fiador não serve para cobrança de aluguel comercial, decidiu o STF (leia mais aqui); 2ª) previdência privada poderá ser penhorada para execuções fiscais (leia mais aqui) e 3ª) STJ permite retenção de CNH, mas impede suspensão de passaporte por dívida (leia mais aqui). Estas são questões importantes para pessoas físicas e jurídicas, num momento em que dívidas de até R$ 250,00 já sujam o nome de mais de 20 mil pessoas no Espírito Santo (leia mais aqui). #CobrançaJudicial#ReduçãoDaInadimplência